Polícia brasileira apreende US $ 33 milhões em investigação de câmbio de bitcoin

policia-brasileira-apreende-us-$-33-milhoes-em-investigacao-de-cambio-de-bitcoin

A polícia brasileira apreendeu 172 milhões de reais ($ 93 milhões de dólares americanos) em uma apreensão de combate à lavagem de dinheiro.

A investigação de fraude, denominada “Operação Bolsa”, cobriu seis mandados de busca e apreensão no município de Diadema em São Paulo e na própria capital, de acordo com uma declaração policial de julho 22.

A investigação ainda está em andamento, mas a polícia alega que várias trocas de criptomoedas ajudaram as gangues a lavarem dinheiro.

A polícia encontrou 17 empresas falsas criadas por criminosos para lavar dinheiro por meio de trocas de criptomoeda. Depois de lavar o dinheiro, os criminosos planejaram enviar os fundos para contas offshore.

Em cinco meses, uma criptomoeda de câmbio lavou US $ 1. 93 milhões de seis empresas fictícias, disse a polícia, e oito outras empresas receberam US $ 2,9 milhões em criptomoeda.

As trocas de criptomoeda não haviam verificado a origem desses fundos ou a veracidade das empresas, disse a polícia.

Os tribunais apreenderam bens dessas empresas e de duas pessoas ligadas à investigação.

UE vai propor novo órgão de combate à lavagem de dinheiro para acabar com a criptomoeda: Relatório No início deste mês, a polícia brasileira encerrou a “Operação Daemon”, uma investigação sobre um suposto desfalque de pelo menos 1,5 bilhão de reais (cerca de $ 300 milhões) que sobraram 7, vítimas.

A polícia prendeu Cláudio Oliveira, mais conhecido no país como “O Rei do Bitcoin”, que chefiava o Bitcoin Banco Group, custodiante uma empresa que prometeu lucros extraordinários a qualquer um que confiasse seus fundos à empresa. Mas a empresa alegou ter perdido 7, Bitcoins no final de 2019. A polícia afirma que isso fazia parte do esquema.

A Polícia brasileira demorou três anos para terminar a Operação Daemon. A Operação Troca, no entanto, apenas começou.

Assine o nosso boletim informativo exclusivo!

Assine o nosso boletim informativo exclusivo!

Outros assuntos